“Consumos de classe média num Portugal em crise: cultura, lazer e tecnologias de informação”, Rosário Mauritti e Susana da Cruz Martins

Publicado em

Resumo: Este artigo dá conta de configurações de práticas culturais e de consumo e estilos de vida, tendo por referência o momento de contração das condições sociais e econômicas atuais, em Portugal. Um dos traços mais marcantes das transformações a que estamos a assistir está ligado com o aumento de desigualdades sociais no acesso a bens e recursos característicos de uma sociedade do conhecimento e de uso mais intensificiado de tecnologias de informação e comunicação. Contrariando algumas das visões sobre a irrelevância de uma conceção das classes sociais, pretende-se desenvolver uma perspetiva de “classe média”, através da identificação de princípios sociais padronizados de diferenciação estrutural de recursos e oportunidades. Esta aproximação teórica-analítica à classe média pretende ainda dar conta das repercussões de um contexto economicamente recessivo e de aprofundamento de desigualdades, situando esse segmento social.

Consultar: Mauritti, Rosário, Susana da Cruz Martins (2014), “Consumos de classe média  num Portugal em crise: cultura,  lazer e tecnologias de informação”, Sociologias, nº 37, p. 144-175.