Notícias

Estudo aponta para que o limiar da pobreza em Portugal está subestimado

Publicado em

No passado mês de Junho foi publicado um relatório, coordenado por José Pereirinha, que procura responder à questão: Quanto é necessário para uma pessoa viver com dignidade em Portugal?. Esta investigação, intitulada “Rendimento Adequado em Portugal(RAP), foi conduzida por investigadores da Universidade de Lisboa (do ISEG e ISCSP), Universidade Católica Portuguesa (Faculdade de Ciências Humanas) e EAPN – Rede Europeia Anti Pobreza em Portugal, com financiamento da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT).

Leia o resto deste artigo »

Participação do OD em Wokshop do Think-tank for Action on Social Change

Publicado em

TASC

O Think-tank for Action on Social Change encontra-se a realizar um conjunto de workshops onde se convida investigadores europeus a discutir sobre um determinado tema. O Observatório das Desigualdades participou numa destas sessões intituladas “The new European precariat? Educated young people in temporary employment”, em 25 de Abril, em Dublin. Queira consultar a apresentação de Renato Miguel do Carmo e restantes contribuições aqui:

Renato Do Carmo (University Institute of Lisbon) on: From precarious work to an uncertain tomorrow: the case of young people in Portugal

INE publica dados sobre pobreza: população em risco de pobreza ou exclusão social diminuiu para 25,1% em 2016

Publicado em Atualizado em

O Instituto Nacional de Estatística publicou recentemente os resultados oficiais do Inquérito às Condições de Vida e Rendimento (EU-SILC). Em Portugal, em 2015, o número de pessoas em risco de pobreza diminuiu relativamente ao ano anterior (menos 0,5 p.p., situando agora em 19%). Contudo, registou-se um aumento do risco de pobreza entre o grupo etário dos 65 ou mais anos, com 18,3% (mais 1,3 p.p. que em 2014) e uma diminuição para os menores de 18 anos (menos 2,4 p.p. do que em 2014, registando agora 22,4%).

Leia o resto deste artigo »

Raparigas em idade escolar correspondente ao 1º e 2º ciclo continuam em desvantagem, a situação inversa acontece com os rapazes do 3º ciclo

Publicado em Atualizado em

eAtlas.

A UNESCO lançou em 2012 o relatório “World Atlas of Gender Equality in Education”. Informação atualizada para 2016 é disponibilizada no eAtlas of Gender Equality and Education” , o qual apresenta dados sobre a evolução segundo níveis de educação desagregados, por sexo, ao longo dos anos. A informação é recolhida pelo Instituto de Estatística da UNESCO (UIS) em pareceria com a OCDE e o Eurostat.

Leia o resto deste artigo »

Colóquio “O Futuro da Emancipação: Igualdades, Diferenças, Limites” 27 e 28 de Abril, Auditório do Museu dos Lanifícios, Universidade da Beira Interior

Publicado em

Nos próximos dias 27 e 28 de Abril, irá decorrer na Universidade da Beira Interior o colóquio “O Futuro da Emancipação: Igualdades, Diferenças, Limites”, uma co-organização entre o Núcleo de Filosofia Prática do LABCOM.IFP e o CIES, tanto pelo seu pólo da UBI, como pelo Observatório das Desigualdades.

Consulte aqui o programa do colóquio

“As dualidades que alimentam o motor da desigualdade” por Renato Miguel do Carmo

Publicado em

Artigo publicado em Jornal Económico (ver aqui)

A composição assimétrica da estrutura salarial das empresas representa um dos motores mais determinantes para a persistência e o aumento da desigualdade social.

Leia o resto deste artigo »

The Portuguese Journal of Social Science: dossier “Spaces of Inequality”

Publicado em

Capture

Foi publicado pelo The Portuguese Journal of Social Science o dossier intitulado “Spaces of Inequality”, editado por Renato Miguel do Carmo. Os artigos estão disponíveis e podem ser consultados na B-on. 

Consulte aqui

Notícia Expresso: «“A precariedade vai moendo”: jovens adiam sonhos de terem uma vida digna»

Publicado em Atualizado em

Ver notícia aqui: http://expresso.sapo.pt/sociedade/2017-02-21-A-precariedade-vai-moendo-jovens-adiam-sonhos-de-terem-uma-vida-digna

Desapontados, desmotivados e angustiados. Passam por vários empregos e aquilo que era suposto ser uma condição temporária torna-se permanente. Adiam sonhos, decisões e compromissos. Comprar uma casa ou ter filhos fica para mais tarde. A incerteza é a única certeza. Os “millennials”, que já tantas vezes foram definidos como a geração melhor preparada, “correm o risco, se nada mudar, de ser também a mais desperdiçada de sempre”

Leia o resto deste artigo »

(Informação de alteração no cartaz) colóquio “DESIGUALDADES E PRECARIEDADE: dos diagnósticos às políticas com futuro”

Publicado em

Na próxima terça-feira, dia 21 de fevereiro, às 10h00, no auditório J.J. Laginha (ISCTE-IUL), o colóquio  “DESIGUALDADES E PRECARIEDADE: dos diagnósticos às políticas com futuro” terá uma parte da manhã dedicada à apresentação dos resultados de investigação da equipa do Observatório das Desigualdades e, na parte da tarde, uma sessão em mesa rendonda sobre políticas e futuro, com início às 14h30.

programa

Cartaz

Relatório OXFAM: uma economia para os 99%

Publicado em

99

Apenas 8 pessoas detêm património equivalente a mais de metade da população mundial

Leia o resto deste artigo »