Gerações e ciclos de vida

Education at a Glance 2014: OECD Indicators: Pela primeira vez, em 2012, cerca de um em cada três adultos nos países da OCDE atingiu uma qualificação de nível superior

Publicado em Atualizado em

EduGlance

Por: Patrícia Santos e Pedro Candeias

Os indicadores produzidos pelo Education at a Glance constituem um material importantíssimo para retratar a realidade educativa dos países da OCDE e outros países parceiros (nesta edição: Brasil, Rússia, Argentina, China, Colômbia, Índia, Indonésia, Letónia, Arábia Saudita e África do Sul). Revelam, ainda, a posição de Portugal em várias dimensões em particular, permitindo retirar ilações sobre a equidade do sistema nacional de ensino.

Leia o resto deste artigo »

Relatório OCDE: Aumento das desigualdades nos países da OCDE (2007-2011)

Publicado em Atualizado em

2c9cac34-93ec-4735-9fc9-1ab8a68f91aa-1

Foi publicado pela OCDE no passado mês de Junho um relatório sobre a evolução da desigualdade de rendimento no mundo, entre 2007 e 2011 (Rising inequality: youth and poor fall further behind. Insights from the OECD Income Distribution Database, June 2014). Essa evolução, no período sob análise, foi fortemente influenciada pela crise económica e financeira mundial, pelas diferentes expressões que assumiu e pelas respostas de política económica a que deu lugar – é o caso, por exemplo, da crise da dívida soberana no sul da Europa e da resposta dada pelos processos de ajustamento ocorridos nalguns dos seus países. O facto do processo de ajustamento português ter sido iniciado em 2011, poderá explicar o resultado relativamente mais favorável que tem em relação a outros países do sul da Europa. 

Leia o resto deste artigo »

“Novos Proletários. A precariedade entre a «classe média» em Portugal”, de José Nuno Matos e Nuno Domingos (org.)

Publicado em Atualizado em

Recensão por: Tiago Carvalho

Novos Proletários

Matos, José Nuno e Nuno Domingos (Orgs.) (2012), Novos Proletários. A precariedade entre a «classe média» em Portugal, Lisboa, Edições 70 e Le Monde Diplomatique.

O conjunto de textos apresentados neste livro exemplificam os atuais processos de precarização de profissões qualificadas em Portugal.

Leia o resto deste artigo »

“Números com Esperança”, de Amélia Bastos (coord.)

Publicado em Atualizado em

Recensão por: Frederico Cantante

numeros com esperanca_capa

Bastos, Amélia (Coord.), Carla Machado e José Passos (2011), Números com Esperança. Abordagem Estatística da Pobreza Infantil em Portugal, Coimbra, Almedina.

Pobreza infantil assume uma grande dimensão em Portugal. Autores defendem ser necessário “quebrar o ciclo de transmissão intergeracional da pobreza”.  

Leia o resto deste artigo »

Jovens em Transições Precárias, por Nuno de Almeida Alves, Frederico Cantante, Inês Baptista e Renato Miguel do Carmo

Publicado em Atualizado em

Recensão por: Liliana Pacheco

jovens transicoes precarias_capa

Alves, Nuno de Almeida, Frederico Cantante, Inês Baptista e Renato Miguel do Carmo (2011), Jovens em Transições Precárias. Trabalho, Quotidiano e Futuro, Lisboa, Mundos Sociais.

A precariedade não se circunscreve à questão laboral, expande-se pelas várias dimensões e sectores da vida social, atingindo de forma grave (mas não exclusiva) a população mais jovem de Portugal.

Leia o resto deste artigo »

“Imigrantes Idosos: uma nova face da imigração em Portugal”, de Fernando Luís Machado e Cristina Roldão

Publicado em Atualizado em

Recensão por: Margarida Carvalho

imigrantes idosos_imagem

Machado, Fernando Luís e Cristina Roldão (2010), Imigrantes Idosos: uma nova face da imigração em Portugal, Lisboa, Alto Comissariado para a Imigração e o Diálogo Intercultural (ACIDI). 

Os imigrantes idosos em Portugal ascendem aos 35 mil, número pouco significativo no conjunto da população idosa, mas que tenderá a crescer nos próximos anos. Os imigrantes idosos africanos, a quem este estudo dedica uma particular atenção, representam uma parte considerável desse número e estão numa situação de maior vulnerabilidade social e risco de pobreza; os autores prevêem que esta situação se mantenha no futuro.

Leia o resto deste artigo »

Desigualdades Sociais 2010. Estudos e Indicadores, por Renato Miguel do Carmo (org.)

Publicado em Atualizado em

Recensão por: Tiago Carvalho

livro od 2010

Carmo, Renato Miguel do (org.) (2010), Desigualdades Sociais 2010. Estudos e Indicadores, Lisboa, Editora Mundos Sociais.

Produzido no âmbito do Observatório das Desigualdades, este livro tem como objectivos coligir o trabalho aí desenvolvido, disponibilizá-lo a um público não necessariamente académico e produzir uma reflexão sobre este fenómeno. Divide-se em duas partes: a primeira remete para a análise da situação portuguesa numa perspectiva comparada; na segunda os quinze ensaios examinam esta problemática sob diferentes ângulos.

Leia o resto deste artigo »